Facebook como ferramenta de comunicação escolar

Educação

mar 10
Facebook como ferramenta de comunicação escolar

Como fazer do Facebook uma ferramenta de comunicação escolar

O Facebook é a mídia social mais popular do mundo, e tem se tornado também uma excelente ferramenta de comunicação escolar. Professores e diretores podem utilizar a rede social como um meio de troca de informações, para discussões ou interação com pais e alunos.

Esse ambiente virtual acaba oferecendo um auxílio importante para dinamizar as aulas e aproximar a escola da realidade dos alunos. Basta constatar o número de estudantes que estão presentes na rede social diariamente para confirmar o poder de engajamento do Facebook.

Economize Tempo na Administração Escolar

Ao adotar a rede social como uma ferramenta de ensino, os professores precisam estabelecer critérios e posturas bastante claras. Existe uma divisão de opiniões entre os educadores no que diz respeito à amizade e ao contato direto com os alunos por meio das redes sociais. A decisão de usar ou não o Facebook pessoal para interação com os estudantes deve partir individualmente de cada educador, mas é relevante ressaltar os benefícios que essa proximidade e relacionamento podem trazer para dentro da sala de aula.

Existem maneiras do professor utilizar o Facebook para fins educacionais e, ao mesmo tempo, manter sua privacidade na rede social para assuntos particulares. Nem tudo precisa ser compartilhado com os alunos, pois é possível utilizar as configurações de privacidade para determinar o que será público e o que será direcionado a grupos específicos de amigos. Tudo é uma questão de organização, bom senso e vontade de inovar na transmissão do conhecimento.

Os benefícios de incluir o Facebook no processo de ensino-aprendizagem

O Facebook deve ser usado pelos professores, principalmente, para compartilhar materiais de estudo, como artigos, notícias e conteúdos das aulas; e também para estimular discussões entre os estudantes. Partindo da ideia de que os alunos acessam a rede social diariamente, o Facebook deve ser usado ainda para enviar lembretes sobre trabalhos e para tirar dúvidas e responder questionamentos.

Essa interação por meio da rede social é muito valiosa, mas deve ser feita em horários pré-determinados e com o consentimento e conhecimento dos pais dos estudantes. O contato entre professor e aluno no universo digital também é importante porque permite que o professor acompanhe os interesses e a rotina dos alunos, o que garante novas ideias de temas para discussões em sala e abordagens mais criativas e realistas no preparo e direcionamento das aulas.

Outro ponto positivo no uso do Facebook como ferramenta escolar é que os educadores ganham um canal prático, dinâmico e eficiente de comunicação com os pais dos alunos. Conectar a sala de aula com os familiares pode aumentar a participação dos pais na educação de seus filhos e ajudar a resolver questões pontuais de indisciplina e baixo rendimento.

As vantagens de incluir o Facebook na didática de ensino consistem em tornar o aprendizado mais interessante, engajador e contextualizado às novas formas de comunicação e interação que marcam a vida da sociedade nos dias de hoje.

Práticas educacionais com o Facebook

As melhores práticas educacionais com o Facebook

O planejamento para utilizar o Facebook em práticas educacionais deve envolver professores, pais e direção escolar. É preciso que os termos de uso e as formas de interação fiquem claras para todos os envolvidos e que os pais autorizem a participação dos filhos no processo de comunicação. Esse tipo de proposta acaba funcionando melhor para alunos dos ensinos fundamental e médio, que já são capazes de compreender os objetivos da comunicação e as funcionalidades da rede social.

Existem diversas práticas que podem ser adotadas por meio do Facebook, especialmente porque é comum ver alunos com smartphones e outros dispositivos móveis de acesso à internet. A rede social pode ser empregada para estimular os alunos a compartilharem fotos e vídeos sobre suas comunidades, as cidades onde vivem e sobre o que pode ser melhorado em seus bairros.

Outra forma de usar o feed da rede social é postando para os pais o conteúdo que seus filhos estão aprendendo e comunicados sobre reuniões e atividades extracurriculares desenvolvidas pela escola. Os professores também podem criar grupos e páginas específicas para se comunicar com cada turma de estudantes, com o intuito de segmentar as informações e garantir a privacidade dos alunos e pais. É importante lembrar que qualquer publicação com imagens dos estudantes menores de idade deve ter a devida autorização dos responsáveis.

A rede social também deve ser usada para destacar o protagonismo dos estudantes e para divulgar projetos especiais da instituição de ensino para a comunidade local. O Facebook também é uma forma de driblar a falta de tempo dos pais que trabalham muito, pois permite o acesso de informações a qualquer momento do dia e de qualquer lugar com acesso à internet. Essa é uma forma eficaz de estimular e facilitar a participação dos pais no processo de aprendizagem.

Por fim, o uso do Facebook na escola ajuda a trabalhar o senso crítico dos estudantes e ensiná-los a utilizar as ferramentas digitais e a internet com responsabilidade e segurança, ou seja, a prática acaba estimulando também a educação para o uso das mídias sociais.

As principais ferramentas do Facebook para a educação

Confira algumas maneiras de usar o Facebook como um verdadeiro aliado da aprendizagem:

1 – Grupos – É possível convidar os alunos para grupos de discussão e plantão de dúvidas. Essa comunicação também pode ser usada para saber exatamente quais são os temas que despertam o interesse dos estudantes e, posteriormente, usá-los em sala de aula. O papel do professor será de mediador e orientador dos alunos.

2 – Compartilhamento – A rede social permite o compartilhamento de conteúdos extras, como vídeos, fotos, links para notícias e materiais multimídia que podem servir de apoio no aprendizado.

3 – Calendário de Eventos – O Facebook permite a criação de eventos. Essa funcionalidade pode ser usada para planejar e divulgar atividades extracurriculares, como passeios a museus, participações em palestras e exposições ou encontros no teatro ou cinema. A função do calendário pode ser empregada também para enviar lembretes de entrega de trabalhos, pesquisas e provas.

4 – Likes – Os professores devem estimular os alunos a curtirem páginas relevantes e com conteúdo qualificado, como fanpages de jornais, revistas e instituições de pesquisa.

5 – Chat – O sistema de comunicação em tempo real do Facebook é importante para plantões de dúvidas e recados individuais ou coletivos para os alunos.