Uso estratégico da Tecnologia no Terceiro Setor-3 • bhbit | Soluções para o Terceiro Setor

Uso estratégico da Tecnologia no Terceiro Setor-3

Terceiro Setor

jan 29
futuro tecnológico

O futuro do Terceiro Setor é tecnológico

O título deste artigo é bastante sugestivo e verdadeiro: o futuro do terceiro setor, assim como o futuro do mundo corporativo, é, sem dúvida, tecnológico. Nunca as ferramentas tecnológicas estiveram tão inseridas em nosso dia a dia como acontece na atualidade. As pessoas estão conectadas, as informações são disseminadas com uma velocidade quase incompreensível e as novidades tecnológicas não param de chegar ao mercado.

Este cenário pode ser assustador para algumas Ongs (organizações não governamentais) e entidades sociais e filantrópicas que não estão focadas no planejamento estratégico para o uso de novas tecnologias. Mas também existem as instituições que já perceberam nesta realidade uma chance real de ampliarem sua atuação e conquistarem novas parcerias, novos doares, chances de financiamentos e aumento da produtividade.

O futuro é tecnológico, e cabe a cada um de nós fazer ou não parte dele. As alternativas para se inserir nesta sociedade da informação são muitas, e vão desde o investimento em melhores computadores, redes bem estruturadas, banco de dados, softwares de gestão, ferramentas de comunicação, websites, blogs, aplicativos para smartphones e etc… Os investimentos em TI devem ser planejados de acordo com as necessidades de cada entidade a fim de tornar suas atividades mais eficientes.

A tecnologia é muito positiva para as atividades organizacionais e para ampliar a capacidade de transmitir mensagens e informações relevantes para o público de interesse das organizações sociais. Os recursos tecnológicos também ampliam o efeito das entidades sobre as comunidades que elas impactam com o seu trabalho e ajudam a tornar os benefícios sociais mais visíveis para a sociedade, para a imprensa e para todos os níveis do governo. Ter ou não uma estrutura tecnológica a favor da organização pode ser um fator decisivo para o sucesso na atual conjuntura. Vale a pena apostar nesta estratégia.

Como garantir sustentabilidade financeira com o uso das tecnologias?

As organizações sem fins lucrativos com uma estrutura mais modesta precisam utilizar os recursos tecnológicos adequados para competir com as organizações que estão num nível avançado no uso de tecnologias mais sofisticadas. É claro que, para isso, é necessário dinheiro, tempo e conhecimento.

Para garantir mais sustentabilidade financeira com o uso das tecnologias, as entidades podem buscar o apoio de profissionais voluntários e empresas parceiras na área de TI. A primeira medida deve ser melhorar o bancos de dados, programas de gestão e ferramentas de comunicação.

Ter um site atraente, com conteúdo de qualidade e responsivo já é um passo importante na evolução da comunicação por meio das ferramentas tecnológicas. Neste exemplo, o termo responsivo significa ter um website preparado para rodar de forma qualificada em todas as plataformas de acesso à internet que estão à disposição dos usuários, como notebooks, computadores, tablets e smartphones.

Em seguida, é possível aplicar esforços no desenvolvimento de um software e um aplicativo próprios para buscar possíveis novos doadores. Estes recursos permitem que as entidades tenham uma atuação forte junto ao seu público-alvo e atraem muitas pessoas interessadas em contribuir com o trabalho das organizações. O ideal é também usar as redes sociais para uma divulgação ampla do nome das instituições e de suas ações sociais, pois atualmente as mídias consideradas informais acabam impactando mais a vida dos usuários do que as chamadas mídias tradicionais, como a televisão e o jornal impresso, por exemplo.

A importância do uso de tecnologias em organizações sem fins lucrativos é tão grande quanto em empresas privadas. O que muda é a forma de usar essas tecnologias com fins sociais, para ampliar os benefícios que uma entidade é capaz de promover para uma comunidade local ou para um grande grupo de pessoas.

bhbit caminho

A tecnologia é o caminho para o sucesso

É difícil determinar o quão importante a tecnologia pode ser para uma entidade social, pois tudo depende do tamanho da organização, do alcance do seu trabalho e de sua realidade. É possível dizer que quanto maiores e mais relevantes ficam as instituições sem fins lucrativos, maiores são os seus desafios e, nesse sentido, a tecnologia pode ser um fator determinante para o sucesso e para a manutenção de uma ação transparente e sustentável.

Em menor ou maior nível, todas as entidades podem se beneficiar com o uso de tecnologias da informação. Mesmo as atividades administrativas mais simples podem se tornar mais eficientes e qualificadas com a adoção de uma tecnologia de gestão e comunicação. O que as entidades precisam é avaliar suas ações e compreender como as novas tecnologias podem agregar valor ao serviço que está sendo prestado. Para isso, nada melhor do que uma consultoria de TI para chegar a uma conclusão favorável para a aplicação de recursos e ferramentas tecnológicas no terceiro setor.

E para quem pensa que a infraestrutura de TI só pode ser alcançada com investimentos que envolvem cifras altíssimas, é importante ressaltar que algumas mudanças e investimentos simples em redes, softwares, aplicativos web, marketing digital, bancos de dados, hardwares e programas de computadores já garantem melhorias importantes para o desempenho das atividades diárias.

Na prática, as tecnologias da informação podem ser usadas para diversos objetivos, como a obtenção de recursos, a ampliação na participação de mercado, na gestão das captações financeiras, no cumprimento da sua missão social, na participação de disputas públicas de financiamento, entre outras áreas. A grande discussão sobre este tema está em fazer com que as entidades sociais entendam que a área de TI é estratégica e que a tecnologia, quando bem utilizada, pode ajudar a organização a reforçar o seu trabalho social e seus resultados organizacionais.

O envolvimento de gestores sociais nesta discussão é muito importante, pois possibilita que as entidades conheçam os benefícios dos investimentos em soluções de tecnologia. A busca por informações sobre o setor de TI pode ajudar as entidades a verem este segmento com mais clareza e entenderem todas as oportunidades que as ferramentas corretas de tecnologia podem trazer para a rotina de uma entidade do terceiro setor. O espaço para esta evolução está apenas começando no Brasil e, por isso, é fundamental que as organizações sociais conheçam todos os produtos e serviços de TI voltados para este mercado.

Para acessar as partes 1 e 2 deste artigo, clique nos links abaixo:

Parte 1

Parte 2

14 Dias para avaliar o mais moderno software do 3º Setor

x